Lyrics55Ultimate lyrics source




Other songs from ALEXANDRE OFFICIAL

88 (Oitenta e Oito)
Bom Proceder
Meu Silêncio
Minha Ladainha
Não Se Paga Por Sonhar
Trago Flores
Vampira
Voando Baixo
Você é a mina

ALEXANDRE OFFICIAL /

88 (Oitenta e Oito)

Ano novo
Primeiro de Janeiro de 88
Mais um perigo, um milagre
que não foi vitima de aborto

Mais uma estrela
Raça brasileiro pronto pra brilhar
Amar, lutar e conquistar
tudo que o sonho alcançar

Ele há de me dar!

Num dia desses em um sonho
veio me falar

Alexandre toma a bênção
Eu vim te abençoar
Essa é sua missão
e a história vai mudar!

Sim!

Agradeci
Peguei a caneta e o papel
Inspiração me move
Me moveu luz lá do céu!

Os bambas professores
Pra eles tiro o chapéu!
Se é crime, me prenda
Sim, pronto eu confesso o réu!

Sem Clt mas eu trabalho
garimpando o som
Meu beneficio é meu oficio
Deus que deu o dom

Suor e sangue
Eu dei, então negão
Preste a atenção!
Não sou o Che
Mas eu planejo a revolução!
Evolução o nome da escola de pequeno
Então todo dia aprendendo uma nova lição!

Fita k7, walkman
Bons acontecimentos!
Sempre atrás de um bom som
Recordo os momentos!

Mas Deus não tá sozinho
na bênção, na inspiração!
Eu aprendi com a malandragem!
Eu fiz pós graduação!

Nessa deixa de refrão
Pros bambas meu salve então!

Chico, Tim, Sabotage
Raul, Presley, Pac, Lennon

E agora no refrão
pros bambas meu salve então!

Cartola, Janis, Bob, Jimi
Kurt e Chorão

Nessa deixa de refrão
Pros bambas meu salve então

Chico, Tim, Sabotage
Raul, Presley, Pac, Lennon

E agora no refrão
pros bambas meu salve então

Cartola, Janis, Bob, Jimi
Kurt e Chorão

Vou acompanhando o tempo
sempre em movimento
As vezes acelero
As vezes eu ando lento

Se não te agrado infelizmente
Há! eu só lamento!
Vou ser feliz e não dependo do seu
consentimento!

Eu sou suave e devastante
De uma brisa a um vento
Fiz calmaria num segundo
O pior tormento
Se tem rolê, demoro!
Eu to lá, to dentro!
Não quero ir, não não preciso do seu argumento!

Faço o que eu quero e o que quero se tornam acontecimentos!
Palavras são meus tijolos e o flow é meu cimento!
Paredes minhas musicas, meu forte de conhecimentos!
Aqui dentro estão guardados mas divido sem ressentimento!

Espero de coração
que eu não te cause aborrecimento!
Te odeio de coração
se te causo aborrecimento!

Te mando pra aquele lugar
E sem nenhum arrependimento!
Eu também já estive lá e sem nenhum prévio julgamento!
Por falar naquele lugar, lembrei do inferno, o governo sedento
Nesse natal, no toba do povo, presente de grego
Pemba de jumento!

Nessa deixa de refrão
Pros bambas meu salve então!

Chico, Tim, Sabotage
Raul, Presley, Pac, Lennon

E agora no refrão
Pros bambas meu salve então!

Cartola, Janis, Bob, Jimi
Kurt e Chorão

Nessa deixa de refrão
Pros bambas meu salve então!

Chico, Tim, Sabotage
Raul, Presley, Pac, Lennon

E agora no refrão
Pros bambas meu salve então

Cartola, Janis, Bob, Jimi
Kurt e Chorão

Duvido não abaixar a cabeça... mané
Eu duvido! é!
Duvido não abaixar a cabeça... mané

Duvido não abaixar a cabeça
Pro rei que trabalha em corpos de lama
Trabalho atrás de trabalho
Aumenta alma, alimenta a fama

Tristeza vendida a rodo no beco das ilusões
Se vende em grama!
Estrela cadente da moda
Caiu numa vala, garapa de cana
Copinho pequeno, no bolso 50 centavos
sem limão e choro na banca
Malandro esperto sem milho
da corda pra louco sem pano pra manga!

Da minha vida, sou o roteirista!
E componho a trilha sonora pra nossa história!
Minha ambição, é deixar como herança
registrado em canções a minha memória!

Trabalho infinito, não marco cartão de ponto pra começar
E nunca espero que chegue a hora do meu trabalho terminar
Meu happy hour é quando começo, levanto e olho pela janela
em busca de inspiração se não acho relaxo e me inspiro com ela!



Report broken lyrics
Name: E-Mail:
Artist: Title:

Submit Lyrics
Name: E-Mail:

Send message