Lyrics55Ultimate lyrics source




Other songs from Lencker

Amuleto
Clara
Eu Só
Forasteiro
Na Vazante
Nano
Tirano

Lencker /

Forasteiro

Sol se derretendo inteiro
Num céu de imensa cor azul intensa
E a beleza dos teus olhos de lamento
Neles já não me oriento

Terra, água, tudo ardendo
O clima dispensa toda experiência
E a beleza dos teus olhos de lamento
Parece que foi Novembro

As casas e as meninas na calçada
Algumas passaram dando risada
Aquela tristonha foi desgraçada
Buscando um amor de um forasteiro

Tem uma que foi pro Rio de Janeiro
Depois voltou famosa pra cidade
Casou com o coronel e seu dinheiro
E agora da cidade ela é o padre

Maria vem, que eu não sei viver
Em teus braços tudo é só sofrer
Longe de ti eu quero morrer
Mande me o sol pra me derreter

Maria vem, que eu não sei viver
Longe de ti tudo é só sofrer
Em teus braços eu quero morrer
Mande me o sol pra me derreter

Terra, água, tudo ardendo
O clima dispensa toda experiência
E a beleza dos teus olhos de lamento
Neles eu não me oriento

Sol se derretendo inteiro
Num céu de imensa cor azul intensa
E a beleza dos teus olhos de lamento
Parece que foi Novembro



Report broken lyrics
Name: E-Mail:
Artist: Title:

Submit Lyrics
Name: E-Mail:

Send message